Fios de Nylon |

Planejamento para aprender a escrever bem

As técnicas mais eficientes para você escrever bem e se tornar um expert

A crônica de hoje, bem nem será uma crônica, mas sim um artigo abordando alguns aspectos para auxiliar quem deseja escrever bem textos a serem publicados. O grande dilema que temos na internet é em relação a linguagem, no entanto, os meios impressos, sejam eles revistas, jornais ou panfletos exigem uma técnica específica da norma conhecida como padrão culto da língua portuguesa.

O primeiro aspecto que devemos observar ao iniciar a escrita é o real domínio do assunto. Uma pessoa não precisa necessariamente ser o papa daquele tema, mas deve obrigatoriamente ter um embasamento bibliográfico para conseguir estruturar sua linha de raciocínio.

Se tem algo que é extremamente visível em um texto mal escrito é a falta de nexo e concordância nas frases. Você consegue identificar se uma pessoa entende ou sabe do que está falando de acordo com a estrutura das orações (frases).

Dicas para se escrever bem

O texto segue uma ordem cronológica, sendo ela linear ou não linear, vai depender da intenção do autor. Sugiro que a segunda opção seja empregada apenas por escritores mais experientes e com domínio da escrita para que seu texto não fique confuso.

Junto da ordem cronológica vem os períodos do texto, o que chamamos de início, meio e fim. O início é onde apresentamos a nossa proposta e fisgamos a atenção do leitor para o tema. Por isso ir logo ao ponto é muito importante para não deixá-lo abandonar seu texto.

Parece bobagem, mas é muito importante mantermos a concentração e o foco no tema que estamos construindo. Por exemplo, fazer muitas tarefas ao mesmo tempo, ouvir música ou aparelhos eletrônicos em geral ligados.

Estas distrações fazem com que percamos o raciocínio com facilidade. Se você sentir necessidade de alavancar a criatividade, o melhor que tem a fazer é uma pausa estratégica.

Descanse as vistas, relaxe o corpo e esvazie a mente. Pensar demais cansa e isto é comprovado cientificamente. Depois que retomar sua atividade de escrita você perceberá que sua mente fluirá melhor e o raciocínio não será prejudicado.

Critérios para uma boa escrita

A citação é uma excelente forma de enriquecer os textos, principalmente artigos ou acadêmicos. Não são todos que exigem seu emprego, mas sempre que possível lance mão de uma epígrafe ou mesmo da citação. No entanto, nunca se esqueça de colocar aspas e creditar o autor da citação/epígrafe. Plágio é crime e facilmente detectável.

Rascunhe, rascunhe e rascunhe quantas vezes necessário. Um bom texto raramente é compilado na primeira tentativa. O rascunho servirá de base para que você consiga adequar da melhor forma os elementos.

Sendo assim, esta etapa lhe possibilitará organizar seu raciocínio, e se necessário, mudar a ordem da estrutura. Lembrando que todo este processo é demorado, porém recompensador quando finalizado.

Por último e não menos importante: a gramática. De nada adiantará você aplicar todas as dicas que lhes dei para escrever bem se o português não for empregado da forma correta. Engana-se quem acha que na internet, caso aqui seja o local de sua publicação, é um espaço onde tudo é aceito. Mas sabemos que não é bem assim.

Escrever bem e de forma correta cabe em qualquer espaço. Por isto respeitar as normas gramaticais é uma obrigação de um escritor em qualquer idioma que ele fale. É recomendável que ao finalizar um texto, você solicite alguém de sua confiança para revisa-lo.

Acredite, quem está de fora consegue perceber nossos erros melhor do que nós, que estamos envolvidos diretamente com o trabalho. Mas vale lembrar que você não só precisa como deve ler e reler o texto antes de encaminha-lo para edição.

Estas foram algumas dicas básicas que utilizo para produzir meus artigos, crônicas e trabalhos acadêmicos. Lembrando que a perfeição não existe, mas deve sempre ser perseguida!

Jornalista, mineira de Belo Horizonte, 31 anos e apaixonada por cinema, livros, música e fotografia. Não sou de muita conversa, pois prefiro me expressar através de textos. Nascida na era da internet, blogo desde 2008. Para saber mais sobre minha história clique em Autora.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: