Fios de Nylon |

Capa de A comédia da vida privada

A comédia da vida privada – O meu santo graal da literatura

Desde que me entendo como gente, sempre dizia que um autor em especial me fez tomar gosto pelos livros. No entanto, o habito pela leitura foi decisiva para a escolha do curso de jornalismo no qual me formei. A comédia da vida privada” de Luis Fernando Verissimo é uma obra que contém 101 crônicas divididas em seis capítulos. Dos quais contam com uma série de textos irônicos. Sendo que a grande parte retrata acontecimentos do cotidiano do homem comum segundo o autor.

Como tudo começou

No entanto, uma crônica em especial me fisgou de primeira que é intitulada de “Pôquer interminável”. O modo como Veríssimo, descrevia de forma debochada situações bem peculiares do dia-a-dia. Ficava intrigada em como uma pessoa podia escrever daquela maneira e engraçada. Sem muita cerimônia e ainda publicar em livro e ganhar dinheiro vendendo isso?

Eu era uma criança, sim porque tinha 11 anos de idade naquela época. Fiquei em êxtase pensando que eu queria ser que nem aquele homem, que escrevia de um jeito nada rebuscado. Ele tinha um jeito divertido e fácil que até uma criança era capaz de entender.

Não entendia por que crianças da nossa idade perdia tempo lendo aqueles livros chatos com finais de falso moralismo, enquanto tinha algo como Verissimo para nos ensinar mais sobre a vida. Juro que não entendia!

Por que “A comédia da vida privada”?

Gostaria de fazer uma resenha digna de um livro tão importante como “A comédia da vida privada” em minha vida, mas sinto que esta graça está um tanto quanto distante de ser alcançada. Então, para não ficar chata ou sonolenta, deixarei explicita aqui toda a minha admiração, felicidade e satisfação que tive durante minha infância de ler uma obra tão sincera e interessante.

A partir do momento em que me interessei pelo estilo da escrita de Fernando Verissimo, tenho me inspirado muito nesta forma solta e autêntica de descrever meu cotidiano e observações que faço a partir do comportamento das pessoas, anônimas ou famosas, sim por quê não?

Nasci e cresci numa família que tem gosto pela leitura. Foi graças a isto sempre tive acesso à literatura e publicações que nem toda criança de minha época tinham. Uma pena pois, se tem algo nessa vida que é capaz de nos deixar menos ignorantes é o conhecimento. E a maior parte dele eu encontrei em livros.

E aí, gostou da resenha deste livro? Se você já o leu ou tem um livro que foi muito importante em sua vida, conte para a gente aqui. Compartilhe com seus amigos e deixe nos comentários sua experiência que adoraremos conhecer outros livros tão lindos como este!

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: