Gilmore Girls apresenta

Gilmore Girls apresenta

Terminando a quinta temporada de Gilmore Girls e mesmo tendo demorado tantas temporadas para refletir sobre, definitivamente esta série conseguiu prender tantos fãs por conta de um ingrediente: como Amy Sherman-Palladino conseguiu amarrar tão bem uma trama com um elemento tão complexo que é a manipulação. Sim, este elemento está presente em todos os episódios e é quem faz a série ter as amarras que estruturam toda a história. É bem sutil, mas se você notar verá que ela, a manipulação, faz todo sentido.

Desde o primeiro episódio na primeira temporada este ingrediente especial já estava lá, inserido de tal maneira que eu chegava a pensar que era pura coincidência ou algo passageiro. Mas não era. E Gilmore Girls não é a primeira e nem única série de TV a amarrar seu roteiro com este elemento. Analisando friamente agora todas as séries que já assisti em que tinham a elite americana como personagens das histórias, a manipulação estava ali presente em todos os enredos. Isso me faz crer que as histórias se desenrolam de uma tal maneira que, só com muita estratégia e engenhosidade as tramas vão se encaixando e as histórias vão fazendo algum sentido.

Estou aguardando para assistir ao Revival do Netflix, mas sem pressa em terminar a sexta e iniciar a sétima temporada. Gosto de ver cada episódio e refletir sobre cada um. Porque, mesmo sendo uma série mais leve, Gilmore Girls tem muitos ensinamentos e mensagens a serem decifradas em cada capítulo da série. E não se trata de menções filosóficas ou discussões levianas sobre temas como feminismo e o papel da mulher na sociedade.

A série consegue de uma forma mais sincera e profunda abordar os reais dramas da feminilidade. Sem esteriótipos, mostrando as forças e fraquezas de cada personagem de forma real de tal modo que poderia ser eu, você ou uma amiga tendo parte de suas histórias retratadas no script da série. Gilmore Girls está muito além de mostrar “como é difícil ser mulher”, sendo que na verdade a dificuldade mostrada pela história é em se viver e conseguir ser feliz em um mundo onde a prioridade, muitas vezes, está em satisfazer as vontades alheias.

[URIS id=14970]

Share

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: