Fios de Nylon |

Como não morrer de tédio em meio à pessoas pedantes

Antes de escrever este post eu pesquisei bastante sobre o tema e fiz uma investigação minuciosa sobre o comportamento das pessoas pedantes. Quando o assunto é ser chato, blasé e um crítico incorrigível, tem gente que merece o Oscar de maior chato de galocha. E não se engane, este tipo de gente está por todos os lados, cantadas sociais e círculos de amizade. Se você não conhece alguém assim, o pedante pode ser você meu caro!

Mas como tudo nessa vida tem um remédio ou meio prático de se preservar em certas ocasiões. Separei para vocês algumas regras de como sobreviver ao lado de pessoas chatas e extremamente pedantes. Vamos lá:

Discorde sempre que puder, os pedantes adoram gente que não concordam com eles, assim podem treinar a chatice e destilar o humor ácido que eles têm sobre tudo e todos. Lembre-se de que, ao discordar de um determinado assunto (filme, música ou livro), você precisará fazer a citação de alguma obra clássica importante e compara-la com algo contemporâneo dizendo que antigamente as pessoas sabiam fazer as coisas, mas que hoje esses “pseudos artistas” só sabem copiar ou reproduzir.

Tenha sempre uma opinião formada sobre tudo e exponha-a sempre que tiver uma oportunidade. Pessoas pedantes adoram conversar sobre todos os assuntos e têm o maior prazer em poder discordar do seu ponto de vista, assim como no tem anterior.

Reclame de tudo, seja uma pessoa desagradavelmente reclamona. Pedantes gosta de ver que você não se contenta com pouca coisa assim como os demais alienados ao redor dele. Ele pensará que: ou você é um ser intelectualmente evoluído ou que é mais um ser pedante como ele, e assim ele não te encherá de perguntas banais ou cretinas.

Esteja sempre de mau humor. Pessoas pedantes detestam a companhia de gente feliz e de bem com a vida. Eles preferem pessoas que possam compartilhar seu amargor e frustração com o mundo.

No meio de uma discussão dê um jeito de enfiar alguns pensamentos ou frases de Woody Allen, pessoas pedantes adoram o cinismo e a neurose do cineasta tanto quanto uma má notícia. No mínimo ele pensará que você é um conhecedor da causa, do assunto que estão debatendo, e ai pensará duas vezes antes de lhe lançar aquele olhar fuzilador. PS: é importante pronunciar o nome corretamente que é “Wury Ellen”.

Por fim, mas não menos importante, caso você já esteja de saco cheio da pessoa pedante e queira dar um chaga pra lá nela e sair de cena é muito fácil. Apenas diga que o assunto entre vocês está muito interessante e que não vê a hora de continua-lo num outro dia. Com esta deixa você pode se despedir e sumir do mapa sem ter a preocupação de deixar algum meio de contato para que vocês possam marcar de bater um papo cabeça. Depois disto fuja, corra e se empirulite o mais rápido que puder para longe deste ser maligno. Com estas dicas eu não garanto que você fará um novo amigo pedante, mas garanto que ele te achará tão esnobe e pedante que não vai querer saber de levar um papo contigo tão cedo!

 

Jornalista, mineira de Belo Horizonte, 30 anos e apaixonada por cinema, livros, música e fotografia. Não sou de muita conversa, pois prefiro me expressar através de textos. Nascida na era da internet, blogo desde 2008. Para saber mais sobre minha história clique em Autora.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: