Fios de Nylon |

Agenda diária

Agenda diária: como me organizo

No ano passado resolvi retomar um antigo sistema que deu muito certo. neste post conto um pouco sobre. E em 2018 não seria diferente, pois o que está dando certo tem que continuar. Por isso decidi comprar uma nova agenda diária para me organizar. A mesma marca, só que com cores diferentes. O modelo me agradou tanto que não quis saber de outro. É essencial que uma boa agenda tenha encadeamento em espiral e capas plastificadas. Isso evita que ao transporta-la ela danifique as folhas internas e as capas frontais e traseiras.

As únicas coisas diferentes é que resolvi anotar nas páginas de observações um sistema. Com cores e símbolos para me orientar. Coisa que não tinha feito na antiga. E agora tenho adesivos temáticos e decorativos para ajudar a dar uma floreada nas páginas cinzas e brancas. Fora estes detalhes, tudo continua o mesmo. Quero manter este ritmo de controle, pagamentos, eventos e colagem de recibos. Assim não corro o risco de me esquecer algo importante ou me perder no tempo. Sempre utilizo uma régua guia para não deixar de ler uma só página.

O melhor jeito que encontrei de me organizar é a todos os domingos eu sentar e programar toda a semana. Os compromissos fixos anoto à caneta. Quando não tenho certeza de algo, vai à lápis mesmo. Mas o mais importante é não me prender demais. Lembretes ou ideias de textos para escrever por exemplo. Pois haverão dias em que nada será registrado e nestas páginas posso anotar coisas que não sejam compromissos propriamente dito.

Sistema de organização na agenda diária

Como citei anteriormente, ter um sistema é essencial para não se perder no meio do processo. Criar símbolos que te facilite lembrar das tarefas e colocar cores especificas ajudam muito. Me ajudam, principalmente se forem marca textos neons. Assim você se lembrará logo de que há uma pendência quando ver aquela faixa florescente destacada.

Agenda diária é pessoal

Pode parecer meio óbvio isto, mas tem gente que ainda não sabe. Agenda diária é como um diário (dã)! É intransferível e só você deveria ter acesso às suas informações. A não ser claro em casos muito específicos. Mas do contrário, se quer compartilhar suas tarefas, crie um mural ou use um aplicativo de celular. Tudo o que escrevemos no papel deveria ficar guardado apenas conosco, pois é algo muito pessoal.

Estudantes, trabalhadores e até mesmo donas de casa. Todos deveriam ter esta ferramenta à sua disposição. Quem não usa ou simplesmente não gosta é porque não conhece seus benefícios. O mais legal de uma agenda diária é que nenhuma é igual a outra. Mesmo que você tenha os mesmos compromissos fixos sempre, a cada ano usamos um sistema diferente. Se você não tem ou não sabe como usar., pesquise. Ter um caderno satélite te guiando e orientando nos compromissos é a melhor coisa do mundo. Eu super recomendo!

Jornalista, mineira de Belo Horizonte, 30 anos e apaixonada por cinema, livros, música e fotografia. Não sou de muita conversa, pois prefiro me expressar através de textos. Nascida na era da internet, blogo desde 2008. Para saber mais sobre minha história clique em Autora.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: