Fios de Nylon |

Roupa suja

Roupa suja se lava em casa

Se tem uma coisa que virou hábito na web é o ato de lavar roupa suja em público. Todo mundo quer expôr sua dor, mazela ou acontecimentos ruins na web, principalmente nas redes sociais. Só que a longo prazo isto tem um efeito devastador na vida de quem o faz. Já dizia minha avó: lavar roupa suja só se for em casa. Mas parece que não entendemos muito bem isto e eu me incluo nisto.

Aprendemos que ao longo dos anos que as redes sociais podem ser uma ferramenta poderosa quando o assunto é compartilhar momentos. E ela é. Só que de uns tempos para cá isto se tornou algo perigoso. Nunca antes na história da web se viu tantas notícias de violência doméstica ou de qualquer natureza serem expostas em grande quantidade como agora. Homens, mulheres, crianças e idosos são as vítimas, ou seja, qualquer membro da sociedade é uma vítima em potencial. No entanto, o que se vê é a exploração da desgraça alheia. Sim, pessoas que utilizam de um assunto tão delicado que é a violência doméstica para gerarem views em seus sites.

Por mais nobre que seja a atitude de alguém em compartilhar estas agressões a fim de evitar novas ocorrências, o que acontece é a exposição indevida de uma pessoa ferida corporal e moralmente. Uma pessoa que ainda está se recuperando de um trauma se vê em círculos de discussões, recebendo críticas e julgamentos. Enquanto que ela só precisava de compreensão e privacidade.

Quantas mãos são necessárias para se lavar uma roupa suja?

Muitas vezes esta exposição excessiva acontece por conta da própria vítima. Quem aí nunca postou uma mensagem nas redes sociais falando “fui assaltada” ou “fui agredida por…”? Eu mesma já caí nesta cilada virtual ao expôr problemas domésticos nas redes. O que sempre me levava a um arrependimento mortal. Além de ter a privacidade explicitada, a moral ia embora a cada post. Até o momento em que descobri algo valioso sobre o fato de lavar roupa suja em público. Uns estão ali e nem pensam em lhe ajudar, outros veem aquilo e depois se esquecem. As pessoas leem suas postagens, ou as notícias sobre violência doméstica, com uma primeira impressão de pena. Um vício que só serve para alimentar ainda mais nossa frustração. Porque quando nos damos conta, percebemos que o mundo girou pra todos, menos pra quem está sofrendo.

Se a violência acontece com famosos ou celebridades, então viram noticias e atos públicos. Se algo acontece a um pobre miserável, então isto vira estatística e olhe lá. Seja você rico, pobre, anônimo ou famoso, não deixe que explorem sua dor. Por mais que digam que a intenção é nobre em fazer com que isto não aconteça com outras pessoas. A dor nossa só a gente sabe o quanto dói e ninguém além de nós podemos senti-la. Portanto, não lave a roupa suja em público. Porque uma vez feito isto, as pessoas se sentirão no direito de lavar por você expondo suas sujeiras para os outros!

Jornalista, mineira de Belo Horizonte, 30 anos e apaixonada por cinema, livros, música e fotografia. Não sou de muita conversa, pois prefiro me expressar através de textos. Nascida na era da internet, blogo desde 2008. Para saber mais sobre minha história clique em Autora.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: