Fios de Nylon |

Flores

Flores no inverno: um toque de verde

Outono é tipicamente a estação conhecida por ter uma cor mais opaca de todas as estações. As folhas secam e caem e tudo fica com uma tonalidade marrom seco. Mas esta não é uma realidade para quem cultiva certas plantas em casa. O outono pode ter sim um toque mais colorido do que a tradicional terracota. Aqui em casa por exemplo, as suculentas e cactos ficam exuberantes e até mesmo com flores durante o outono e inverno. Isso porque tem quem cuide. Se você gosta de plantas e tem disponibilidade de cuidar delas, invista porque vale muito a pena.

Flores, frutas e muito mais

Ainda não sei como este lindo e pequeno abacaxi veio parar aqui no jardim de casa. o que sei é que andei registrando todo seu desenvolvimento lá no meu Instagram. Não sei exatamente em qual tamanho ele chegará, mas do jeitinho que ele está agora, está a maior fofura. Detalhe especial para a Dona Aranha alojada no mini abacaxi, fofura dois. Nem vi que ela tinha saído na foto, mas sabia que ela tinha se mudado recentemente pra lá.

Flores em formas de nuvens

Para finalizar este post com provas em imagens de que o outono tem muitas pantones, vejam este pôr do sol. As cores dos raios solares de um fim de tarde num dos dias mais frios que tivemos aqui em Minas foi assim. É o que dizem não é mesmo? Quanto mais laranja o entardecer é, mais frio fará a noite. Dito e feito. Tivemos uma madrugada com temperaturas entre 6 e 8 graus.

As fotos foram tiradas com as mesmas configurações de câmera. Porém ficaram tão diferentes uma da outra que parecem terem sido feitas em dias alternados. Isto porque demorei cerca de dois minutos de intervalo entre uma e outra. Veja quanta diferença. Pode ser que um dia isto me renda um ensaio específico sobre o céu do pôr do sol. É uma possibilidade.

Caos

Jornalista, mineira de Belo Horizonte, 30 anos e apaixonada por cinema, livros, música e fotografia. Não sou de muita conversa, pois prefiro me expressar através de textos. Nascida na era da internet, blogo desde 2008. Para saber mais sobre minha história clique em Autora.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: