Fios de Nylon |

Como deixei de ser uma pessoa reativa

Durante muito tempo sempre reagi às adversidades da vida de forma reativa. Por exemplo, se alguém me criticasse ou falasse algo que eu julgasse não ser correto, na mesma hora dava uma resposta para aquilo. E nem sempre essa resposta era em tom delicado, já que críticas negativas me geram certo aborrecimento. Pode parecer algo normal a se fazer para a maioria das pessoas, mas acreditem, não é.

Basicamente o que eu tenho aplicado no meu dia a dia é exatamente o hábito da reflexão. Este método que estou ensinando aqui neste post não tem comprovações cientificas ou o apoio de profissionais da área neurológica. Esta é apenas uma experiência que apliquei em minha vida e que tem dado resultados positivos para mim. Mas isto não quer dizer que não pesquisei sobre o assunto.

Toda vez que sinto a necessidade de mudar algo em minha vida, como o comportamento, eu pesquiso muito antes. Nada que eu faço eu crio da minha cabeça, pois acredito no poder da boa informação compartilhada. Gosto de buscar novos conhecimentos e de saber o que tem dado certo ou não paras as pessoas. Aprendo sempre algo além do que procuro quando busco por novas informações.  

Não seja uma pessoa reativa

Vivemos numa época em que as pessoas incorporaram a flor da pele o imediatismo. Não só por querer tudo à pronta entrega, mas também na hora de pensar e falar as coisas. Aliás, pensar é o que menos vemos os outros fazerem. Fico reparando como nosso instinto reativo se comporta no dia a dia. Se alguém nos fala algo que não nos agrada, instantaneamente devolvemos o comentário com outro ainda mais agressivo. E esse tipo de comportamento não se restringe a nenhum tipo de raça, cor ou credo. Todos nós somos seres reativos.

Ser reativo tem sido um problema que tem levado a humanidade a muitos conflitos sociológicos e psicológicos. Se não paramos pra pensar e refletir sobre determinada coisa, as chances de tomarmos uma decisão errada e irreversível é enorme. Tudo isso ocorre porque aprendemos ao longo do tempo a deixar nossa mente no piloto automático e isso é que tem gerado tantas reações impensadas.

Pare, pense e respire fundo

Tem um exercício que aprendi para controlar esse instinto de ser uma pessoa reativa. Com ele consegui ter mais clareza ao executar tarefas e eliminar os riscos de erros eminentes da auto programação. O exercício consiste em fazer o seguinte:

  1. Parar imediatamente o que se esta fazendo, seja uma tarefa ou mesmo uma conversa.
  2. Fechar os olhos, esvaziar a mente de tudo o que está lhe preocupando ou ocorrendo no momento.
  3. Controlar a respiração. Inspirando e expirando em intervalos de cinco segundos sem pensar em nada.

É surreal como conseguimos pensar com mais clareza quando esvaziamos nossas mentes. O simples fato de parar de pensar no que nos disseram ou nos problemas ajudam no fluxo mental de raciocínio. Nosso cérebro é como um computador, se executamos vários programas pesados ao mesmo tempo, ele trava ou não funciona da forma correta.

Cor verde para acalmar os ânimos de uma pessoa reativa

Por uma mente menos reativa e mais reflexiva

Em quase todas as religiões que já estudei o ensinamento sobre aprendizado é o mesmo. A gente precisa ouvir mais e se calar mais também. Não que a gente deva abaixar a cabeça pra tudo e acatar todos os desaforos que nos plantam pelo caminho. Todo ser humano sábio consegue ter um alto poder de resiliência porque, ele sabe ouvir, calar-se e refletir. Só depois ele se pronuncia sobre o ocorrido, isto é, se ele ainda julgar necessário.

Quando passei a refletir mais sobre as coisas, tudo ao meu redor e em minha mente passaram a ter uma ordem maior. Se antes era puro caos, hoje consigo organizar minha mente e minhas tarefas de forma linear. Refletir me possibilitou ouvir melhor o que as pessoas dizem sem instintivamente reagir com ironia ou raiva aos seus comentários. Pensar antes de falar me ensinou que a maior parte das vezes devemos nos calar, pois reagir agressivamente só gera mais agressões. Assim convido a todos os meus leitores do blog a praticarem ao exercício da meditação. Aposto que a partir do momento em que você refletir mais, sua vida passara a funcionar de uma maneira mais leve e clara!

Jornalista, mineira de Belo Horizonte, 30 anos e apaixonada por cinema, livros, música e fotografia. Não sou de muita conversa, pois prefiro me expressar através de textos. Nascida na era da internet, blogo desde 2008. Para saber mais sobre minha história clique em Autora.

2 Comments

  1. Cláudia

    novembro 6, 2018 at 9:28 pm

    Perfeito! Com cuidado e reflexão vamos melhorando. Muito bom o texto! Parabéns!

    1. Carla Corrêa

      novembro 7, 2018 at 1:47 am

      Exatamente… sem pressa de ser feliz!

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: