Fios de Nylon |

Instax mini 90 para Fotografia Analógica

Os novos e velhos equipamentos da fotografia analógica – O que mudou?

Já mencionei em outras oportunidades aqui no blog que, quando comecei a fotografar com uma câmera Yashica. A fotografia analógica foi minha primeira experiência e acredito de todos de minha geração e anterior também. Câmeras digitais nem existiam aqui, e se existiam, apenas profissionais de grandes jornais ou fotógrafos renomados possuíam uma no Brasil.

A magia em torno da fotografia analógica só pode ser entendida por quem experimentou o processo. Hoje em dia a onda voltou com tudo. Marcas como FujiFilm, Lomo e a própria Polaroid estão investindo nesta tendência que parece vir pra ficar. Pois a fotografia analógica te desafia a pensar mais, te tira da zona de conforto e exige mais da sua criatividade.

Mas por muito tempo a fotografia analógica ganhou fama de ser nociva ao meio ambiente. Uma vez que o processo de revelação dos filmes negativos necessitavam do uso de agentes químicos, uma quantidade elevada de água potável e alto descarte de resíduos tóxicos na natureza. Em parte essa preocupação é compreensível, pois os laboratórios que revelam as películas utilizam cerca de quatro a cinco agentes químicos para revelar, interromper e fixar a imagem.

Entretanto, com o passar dos anos as regras para estes laboratórios ficaram mais rígidas, sendo de responsabilidade total do fotógrafo ou do operador realizar o descarte dos químicos reagentes de maneira correta e segura.

1. Tipos de câmeras para fotografia analógica

Atualmente as câmeras analógicas que mais conhecemos são aquelas mais famosas no meio fotográfico como a Pentax K 1000 e Olympus Trip. Ambas usando filmes de película de 35mm, Yashica MG-Motor, FujiFilm X-T1, entre outras. Uma outra câmera bastante popular na fotografia analógica que conhecemos são as Lomo Photography. Essas câmeras que mais parecem de brinquedos possuem uma proposta de fotografia analógica mais diferenciada e descontraída.

A maioria destas marcas citadas eu nunca  utilizei, pois sempre me foram inacessíveis o preço e a dificuldade de achar equipamentos em bom estado de conservação. Até mesmo hoje em dia é muito difícil encontrar máquinas em bom estado de conservação com bons preços.

Câmeras para fotografia analógica de Jordana Lee

Imagem: jordanalee.com.br

2. Tipos de películas

Na década de 40 era lançada a famosa câmera Polaroid instantânea. Entretanto, este produto possuía um filme instantâneo você precisava retirar uma película em papel para que a foto fosse revelada. Mas foi em 1972 que a empresa criou a versão que conhecemos até hoje, um pack de 10 folhas que revelam a partir do processo químico. Atualmente temos no mercado temos os seguintes tipos de filmes para fotografia analógica, que são:

  • Pelicula de 35mm;
  • Película de 120 (sem os milimetros, apenas 120);
  • Película 220;
  • Película 126 (Kodak Instamatic);
  • FujiFilm Instax Mini;
  • FujiFilm Instax Wide;
  • FujiFilm SQ1 series;
  • Polaroid 300;
  • Polaroid SX-70 Film.

É sempre bom frisar que películas para câmeras analógicas não são baratas, não eram na época, quem dirá hoje em dia. Mas a pessoa que deseja ter este tipo de fotografia como hobby precisa prestar atenção à qualidade dos produtos. Muito cuidado com filmes vencidos, pois dependendo do estado do produto ele pode até danificar seu equipamento. Apesar de que muitas pessoas gostam de utilizar películas fora do prazo de validade, pois estes costumam dar “efeitos” inesperados na foto revelada.

Este é o papel fotográfica marca Kodak utilizado pelo serviço de impressão de fotografias Phosphato (Cupom de desconto CARLAC2364). É o mesmo papel que revelávamos os filmes em película.

3. Aspectos da fotografia analógica instantânea

Ao contrário do que muitos pensam, não, o seu filme não apagará a fotografia com o passar do tempo. Contudo a confusão é fundamentada, pois os primeiros filmes da Polaroid desbotavam com o passar do tempo caso fossem expostos sem cuidado à luz.

Apensar do processo ter evoluído é necessário ter alguns cuidados no armazenamento das fotografias. Devido a um processo de emulsão que pode ser usado em temperaturas entre 5ºC a 40ºC, as imagens permanecem estáveis por muito mais tempo. Isto claro, como disse, dependerá de como você as guardará.

  • Para que a vida útil de suas fotografias prolongue-se, basta seguir estas dicas infalíveis:
  • Mantenha as fotografias fora da exposição excessiva da luz;
  • É recomendável armazená-las junto a um saquinho de sílica;
  • Ao manuseá-las, cuidado para não transferir gordura natural da mão. Evite ficar tocando o papel diretamente, para isso use as bordas da fotografia;
  • Em álbuns de fotos, mantenha-o sempre em local arejado e não use colas ou produtos com química para colá-las ao papel.

4. Cuidados que as câmeras analógicas exigem

Como qualquer produto eletrônico, as câmeras analógicas são equipamentos que precisam dos mesmos cuidados que as câmeras digitais. Conservá-las longe da exposição direta do sol, em local seco e sem poeira. No entanto, sei que muitos se tentam em fazer de suas câmeras objetos de decoração. 

A não ser que eles não estejam mais em uso, recomendo armazenar suas câmeras em locais isolados dos elementos citados acima.

Outro cuidado que devemos tomar com nossos equipamentos é em relação à sua limpeza e integridade física. Recomendo que busque um serviço de limpeza de sensor e mesmo da câmera em uma loja de sua confiança. De tempos em tempos as câmeras acumulam sujeiras e comprometem a qualidade da fotografia. O mesmo vale para sua câmera caso ela tenha sofrido alguma queda.

5. Manutenção e autorizadas

Em 2017 minha Canon T3i sofre um tombo feio que acabou comprometendo o foco automático, o Despolido e rendeu um sensor bastante sujo. Após pesquisar com amigos, conheci aqui em BH uma especializada que deu vida nova à minha quase falecida Canon. 

A B.M. Morsani trabalha com vários tipos de câmeras e marcas. Portanto, ela se classifica como uma especializada e não autorizada. Pois minha Canon tinha mais de 5 anos de uso, então nem garantia tinha. Achei o preço do serviço justo e muito satisfatório. Posso contar mais detalhes em outro post, pois acredito valer muito a pena.

Lembre-se,, sempre que seu equipamento apresentar algum problema, leve-o à uma assistência. Usar de gambiarras ou insistir no uso do mesmo com defeito levará a perda total de seu equipamento!

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: