Fotografia – Introdução ao mundo das imagens

Fotografia – Introdução ao mundo das imagens

O objetivo aqui é criar uma série de postagens explicando basicamente o funcionamento deste mundo da fotografia que para muitos ainda é desconhecido. Aviso desde já que a maior parte do conteúdo que postarei aqui é o que eu aprendi em sala de aula na faculdade e experiências que obtive na prática.

Se você descordar ou achar que coloquei alguma informação equivocada, não deixe de me comunicar. Estamos aqui para aprender também, e toda troca de informação para agregar conhecimento e experiência será bem vinda.

Canon T6i minha câmera principal de fotografia

Conhecendo seu equipamento de fotografia

É extremamente importante você conhecer o seu equipamento fotográfico. Sabemos que existem inúmeras opções de máquinas compactas, semi e profissionais no mercado. Mas também não podemos descartar outros meios de captura de imagem como os celulares, tablets ou artesanais como o pin-hole.

O bom fotógrafo sabe utilizar e fazer ótimas fotos com qualquer dispositivo, por isso a recomendação para que está começando no mundo da fotografia ou pretende entrar é que comecem pelo básico, ou seja, passe pelo processo:

  • celular;
  • câmera compacta;
  • semi  profissional (Powershot);
  • profissional (DSLR – SLR – Mirrorless).

 

Câmera fotográfica Canon

Quando você se sentir mais confiante e sentir a necessidade de avançar mais uma etapa pesquise antes de comprar seu equipamento fotográfico e seus acessórios. Lembrando desde já que dependendo do equipamento que você escolher, as configurações e controles que vou explicar aqui não poderão ser acessados ou modificados por causa da limitação do equipamento. Esteja ciente disso.

Técnicas para aplicar em sua fotografia

Depois de familiarizado com seu equipamento, está na hora de avançar nas técnicas que você aprendeu ou que irá aprender. Por isso eu sempre digo que na fotografia não existem regras, mas sim técnicas que devemos utilizar a nosso favor para gerar fotos incríveis. No entanto, algumas dessas técnicas consistem em:

  1. Velocidade do obturador, ISO e uso de tripé em ambientes escuros ou com pouca luz;
  2. regra dos terços;
  3. distância focal;
  4. focar e enquadrar.

1. Velocidade do obturador, ISO e uso de tripé para fotografar

Em ambientes escuros ou com pouca luz, o mais indicado é você utilizar um tripé ou qualquer suporte para câmera. O fato de ter pouca luz te obrigará a aumentar o ISO e baixar a velocidade do obturador.

Sendo assim, você deixará o sensor exposto por mais tempo e qualquer mexida ou mesmo um respiro mais fundo vai borrar a foto. Com a câmera fixada em um suporte ou tripé, evita que qualquer movimento desfoque sua câmera como no exemplo abaixo.

Lightroom o meu app de edição de fotografia

2. Regra dos terços

Uma das minhas favoritas, já que a regra dos terços é a responsável por guiar o olhar de quem está vendo a imagem. Os traços, que geralmente aparecem no visor de sua câmera, funcionam como meridiano servem para orientar onde cada objeto na cena fotografada ficará. Com esta regra você consegue harmonizar sua fotografia e ressaltar apenas o que quer mostrar.

Veja este exemplo do Beija-flor: se você perceber que os quatro pontos de intercessão da imagem estão em cima justamente dos principais elementos da foto. Neste caso, o Beija-flor e o copo de flores. Este será o primeiro local que a pessoa verá a sua foto.

3. Distância focal

Um ponto muito importante quando lidamos com equipamentos não profissionais. A distância focal determinará a nitidez, qualidade e quais elementos estarão em foco. Se você utiliza muito o celular para fotografar, então precisa saber que quanto mais próximo você estiver do objeto a ser fotografado, mais nítido ele será e mais desfocado (bouquet) o fundo ficará.

Como nos exemplos abaixo, a foto de anglo aberto que tirei com meu celular em cima da pedra do Arpoador no Rio e de um bibelô meu ilustram perfeitamente o que acabei de dizer. Aproximando mais o celular ganhei um fundo desfocado. Já em grande distâncias focais, tenho um resultado de amplo campo de captura, onde tudo que está enquadrado aparece nitidamente na foto.

4. Focar e enquadrar na hora de fotografar

De todas as técnicas já citadas aqui, talvez esta seja a que mais me exigiu dedicação nos estudos e prática. Pois, muitas vezes precisamos recompor a cena. Isso funciona assim: você vai fotografar o rosto de uma pessoa e precisa ter um ponto de focagem fixo.

Com isso aponta a câmera para o olho da pessoa, foca e antes de disparar o botão do obturador, você reposiciona a câmera para o centro do rosto, seja o nariz, queixo ou orelha esquerda. Isso é recompor o foco.

Com esta técnica, você mantém a câmera com o foco estático e centraliza a imagem conforme sua necessidade. Eu faço muito quando vou fotografar plantas. Já que geralmente é difícil acertar o foco em pequenas pétalas. Utilizo muito quando estou com o foco no automático, pois ele nem sempre é preciso. Mas quando minha câmera e lentes estão em modo MF, ai eu não costumo recompor o foco.

A prática leva à perfeição na fotografia

Nunca uma frase fez tanto sentido para mim quanto essa. Parece um clichê? Sim, mas é a pura verdade. A suas fotos e estilo fotográfico só vão melhorar depois de muito errar. para isso é preciso praticar muito, na verdade todos os dias. Uma coisa que sempre digo para quem me pergunta como tirar fotos boas com celular ou câmeras que não são profissionais é treinar o olhar.

A maioria dos posts aqui do blog sempre digo isso, pois não existe outra maneira, que eu saiba. Você pode também acompanhar o trabalho de fotógrafos que admira e inspirar (nunca copiar viu?!) neles. Eu costumo tirar muito minhas dúvidas sobre o assunto no próprio Google.

Mas existem trabalhos que admiro muito e sigo que posso indicar aqui. Um deles é o blog da Melina Souza. Desde que o blog dela se chamava A series of Serendipity eu acompanho até hoje tudo o que ela posta lá e no Instagram dela.

Outra dica bacana sobre aprender fotografia é pesquisar suas dúvidas no YouTube. Além de ter muito material em português, vocês encontram de tudo um pouco com opiniões variadas. Além de aprender fundamentos básicos, você pode aprender alguns truques de fotografia (gambiarras mesmo) que você pode adaptar sem precisar comprar equipamentos caríssimos.

Gostou deste post? Compartilhe ele com seus amigos ou pessoas interessadas em aprender mais sobre fotografia. Não se esqueça de deixar aqui nos comentários sua dúvida ou sugestão. Pois, adorarei aprender mais sobre o assunto!

Share

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: