Escondidinho de proteína de soja

Escondidinho de proteína de soja

Um prato lacto-vegetariano saudável e delicioso que pode ser servido em pequenas ou grandes porções. No meu caso, utilizei uma cumbuca de circuferência mediana. Ela serve uma porção generosa para uma pessoa. A receita não é nada de mais, muito simples e leva alguns minutinhos para ficar pronta, isto se você já tiver a base de proteína de soja já pronta.

Antes de montar o prato eu já tinha o molho a base de proteína de soja congelada na geladeira. Para fazer o molho é simples. Utilizei:

Ingredientes para preparar a proteína de soja

  • 1 xícara de proteína de soja
  • 1 cebola pequena
  • 2 dentes de alho
  • Orégano
  • molho de tomate a gosto

Costumo preparar a soja fervendo num caneco d’água e a deixo de molho até adquirir um aspecto macio e cozido. Depois é só refogar no alho amassado e a cebola picada; adicionar o molho de tomate em seguida.

Com o molho da proteína de soja pronto é só você cozinhar uma batata pequena e em seguida montar o prato. Para isso você terá de forrar a cumbuca com o molho de soja. Em seguida adicione a batata que você cozinhou e amassou bem, como se fosse um purê. Cubra bem até que toda a proteína de soja esteja bem escondida. Finalize ralando um pouco de queijo minas ou qualquer outra iguaria de seu gosto. Salpique orégano por cima e leve ao micro-ondas por dois minutos. Prontinho, este é o prato mais fácil, simples e muito gostoso para um almoço. Não dá trabalho e fica com uma apresentação digna de master chef.

Meu veredicto sobre a proteína de soja

Quando decidi substituir por um tempo indeterminado a carne por outras fontes de proteína, eu não sabia o que esperar. Sempre ouvi dizer que soja tem um gosto rançoso, que é ruim e por aí vai. No entanto, tudo na vida a gente não deve basear nossa opinião nas experiências alheias. Por isso resolvi usar minhas técnicas culinárias de preparo de carnes agora na soja. Gente, não é que deu super certo?

Tudo bem que a proteína de soja em si não tem gosto de nada, mas o que manda é o tempero. Sempre me disseram isso e hoje entendo perfeitamente. Os três pilares de temperos de minha nova rotina alimentar é o alho, cebola e orégano. Esses três conseguem temperar e dar um sabor tão único à comida que nem estou notando a diferença. Sério mesmo, sou uma carnívora convicta e se estou dizendo que não há diferença, porque não há. Em posts futuros contarei direitinho o por que de eu não estar comendo carne para que esta e outras receitas façam mais sentido aqui no blog. Mas por hora só digo que: se você tem preconceito e nunca experimentou, então experimente!

Jornalista, mineira de Belo Horizonte, 30 anos e apaixonada por cinema, livros, música e fotografia. Não sou de muita conversa, pois prefiro me expressar através de textos. Nascida na era da internet, blogo desde 2008. Para saber mais sobre minha história clique em Autora.

Guia vegano e vegetariano BH

Belo Horizonte tem se mostrado uma cidade plural e multicultural em todos os sentidos. Se a cada dia me surpreendo com os bares, cafés e bistrôs que a cidade abre, imaginem agora que uma nova vertente começa a ser explorada por aqui. restaurantes veganos e vegetarianos específicos para este público começa a crescer bastante, e aqui farei um guia completo destes locais para quem busca este tipo de serviços. Sei que muitas vezes é complicado para quem adere ao veganismo encontrar lugares que possa se alimentar, mas com um pouco de persistência e ajuda de minha querida amiga que é vegana, Ariane Palma e com a colaboração do querido Pedro Piazzi, vamos explorar cada estabelecimento voltado a este público aqui em BH.

01- Casa Amora (Rua Paraíba, 941 – Savassi)

O Casa Amora é um restaurante natural que também tem opções de pratos vegetarianos. De acordo com informações do estabelecimento eles trabalham da seguinte forma: “Para pratos vegetarianos, você pode escolher 4 acompanhamentos. No nosso cardápio também aparecem opções vegana”. Mas como não é o foco da casa, você pode ligar (31 3261-5794)para conhecer qual é o cardápio do dia e assim saber se neste dia as opções veganas e vegetarianas serão servidas.

casaamorabh1Salada de espinafre, ricota e castanha. Foto @casaamorabh

02- Bar Las Chicas Vegan (Av Augusto de Lima, 233 – Ed. Maletta)

O Las Chicas Vegans está num ponto estratégico de BH, no Ed. Maleta e não é atoa. O ponto é super movimentado e para melhorar ainda mais, a casa oferece pratos que fogem das convencionais saldas e bolinhos de soja. Se alguém mais te perguntar: “Mas o que um vegano come?, você terá a resposta na ponta da língua: “Feijoada”.Claro que a pessoa vai tomar aquele susto, mas é isto mesmo, o restaurante até, de oferecer opções veganas de sanduíches e salpicão com maionese vegana, a feijoada vegana, segundo descrição do cardápio “é feita de legumes, linguiça vegetal defumada e cogumelos”. Outro diferencial da casa é a opção de você poder pedir os pratos e ainda ter a opção de pagar com cartão de débito!

laschicas_veganFeijoada vegana. Foto @laschicasvegan

03- Restaurante San Ro (Rua Professor Moraes, 651 – Savassi)

Amantes da culinária japonesa terão seu espaço garantido aqui no restaurante vegetariano San Ro. Um lugar democrático que atenda ao público vegetariano e vegano ao mesmo tempo. De acordo com informação solicitada e passada pelo espaço via facebook o local “tem menu variados com comidas taiwanesas, japonejas, chinesas e mineiras. Tudo vegetarianos, com opções veganos também. Tudo em forma de self-service”. Agora estou cada vez mais com água na boca para provar todas as delicias deste restaurante.

san_roIguarias asiáticas fresquinhas. Foto @sanrorestaurantevegetariano

04- Com Gentileza (Rua dos Timbiras, 715 – Santa Efigênia)

Imagine um restaurante vegano que sirva deliciosos bobós de cogumelo, cupcakes e COXINHAS. Sim, este lugar existe e você pode apreciar estas e muitas outras delícias no restaurante Com Gentileza. Além das opções citadas anteriormente, nosso querido colaborador Pedro Piazzi clicou este prato que deu até água na boca, justo em mim que sou uma carnívora sem restrições, a base de kibe de soja e um salpicão que parece estar bem suculento!

com_gentilezaFoto @pedro_piazzi

05- Néctar da Serra (Avenida dos Bandeirantes, 1703 – Mangabeiras) 

Falamos bastante aqui em opções de restaurantes para almoços e jantas, mas nós nos preocupamos em dar uma opção também de um restaurante que faça o serviço tradicional, mas que também sirva cafés da manhã. “Aqui no nosso Néctar da Serra, o café é servido pela manhã, de segunda à sexta de 8h00 às 11h00, e de 15h00 às 18h00. Sábados, domingos e feriados, somente pela manhã”. Além do delicioso café da manhã, o espaço oferece também opções de caldos quentes e doces para este inverno e outras gostosuras como sanduíches, saladas e doces vegetarianos. Que tal?

nectar_serraCafé da manhã Néctar da serra super reforçado Foto @nectardaserra

06- Restaurante mexicano Si Señor (Bulevar Shopping – Av. dos Andradas 3000)

Esta é uma das opções de happy hour ou mesmo para você comemorar seu aniversário e conseguir que tanto seus amigos vegetarianos compareçam. Isso porque o restaurante oferece opções sem carne em seu cardápio. “Em alguns dos nossos pratos incríveis, há opções de recheio sem carne, além de termos também recheios especiais com vegetais”. Dentre as opções oferecidas que você pode customizar são: Enchiladas, Burger Bits, Quesadillas, Burritos, Tex Tacos

si_senhor_enchiladasEnchiladas. Foto @sisenorbrasil

07- Eddie Fine Burgers (Rua da Bahia, 2652 – Lourdes)

Que tal uma hamburgueria bem democrática? Sim o Eddie Fine Burgers é do tipo que agrada Gregos e Toianos, carnívoros e vegetarianos. A casa de fast food conta com apenas uma opção no cardápio de hambúrguer vegetariano que é o “Jimmy’s Sandwich”. Feito de pão australiano, hamburger de soja, guacamole levemente apimentada, alface e tomate, a combinação ainda vem acompanhada de deliciosas batatas fritas, que você pode votar na versão palito ou sorriso, que tal gente?

eddiefineburgersBuffet de batatas palito e sorriso. Foto @eddiefineburgers

08- Pedal & Prosa Café (Rua Padre Marinho, 321 – Santa Efigênia)

Um café em BH que possui um cardápio delicioso e diversificado. No Pedal & Prosa as opções de pratos vegetarianos são muitas, que vão desde os cafés e sucos oferecidos na casa aos quitutes servidos. Lá você encontrará opções de sanduíches naturais, quitandas e salgadinhos sem adição de carnes, bebidas naturais, a base de café e com uma leve pitada de cachaça. O local ainda não possui um cardápio vegano, infelizmente, mas se você tiver interesse em que algum prato ou aperitivo seja colocado no cardápio, entre em contato com a equipe do café e faça sua sugestão. Se a demanda for grande, com certeza eles colocarão algo do gênero no menu do café.

pedal

Foto reprodução @pedaleprosacafe

09- Est! Est! Est! Autêntica Cocina Italiana (Av. Getulio Vargas, 107 – Savassi)

Uma autêntica cozinha italiana a gente pode sempre contar com belos pratos de massa, mas neste caso a turma vegana e vegetariana só tem à comemorar. O chef que comanda a cozinha, o italiano Simone Biondi, me sugeriu a Insalata e Contorni. Um menu especialmente criado para este público tão especial. Com cinco opções de pratos, dos quais se tem três opções vegetarianas e duas veganas, o restaurante disponibiliza em seu site todo o cardais da casa. Recomendo à você leitor conferir antes de dar uma passadinha lá.

est_est_estFoto reprodução @estristorantebh

Jornalista, mineira de Belo Horizonte, 30 anos e apaixonada por cinema, livros, música e fotografia. Não sou de muita conversa, pois prefiro me expressar através de textos. Nascida na era da internet, blogo desde 2008. Para saber mais sobre minha história clique em Autora.